Início → Notícias → Íntegra
 
06/05/2008

SISP: Cipoa recebe representantes de associação de laticínios de pequeno porte.

A diretora do Centro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Cipoa), da Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA), Rachel Simião, recebe nesta quarta-feira (07/05) representantes da Associação dos Laticínios de Pequeno Porte (Alapp). A pauta da reunião é a adequação dos estabelecimentos às normas estabelecidas nas resoluções de números 03 e 04, publicadas no Diário Oficial do Estado em 10 de janeiro deste ano que fixam os requisitos mínimos a serem observados pelos estabelecimentos (laticínios) de leite e derivados, registrados no Serviço de Inspeção de São Paulo (SISP) com o objetivo de melhorar o padrão de qualidade do produto.

A Alapp congrega aproximadamente 30 laticínios de pequeno porte distribuídos no estado de São Paulo que captam e comercializam aproximadamente 250.000 litros de leite por dia. As empresas associadas possuem marcas e atividades independentes da associação, mas em várias situações atuam como parceiras. Produzem além de leite pasteurizado, derivados lácteos como iogurtes, bebidas lácteas, creme de leite, achocolatados, queijos, requeijão e outros.

LEGISLAÇÃO - A Resolução SAA n.º 03 altera o capítulo VII - “Estabelecimentos destinados a leite e produtos lácteos”, da Resolução SAA n.º 24, de 01 de agosto de 1994, que baixa normas técnicas sobre as condições higiênico-sanitárias mínimas necessárias para aprovação, funcionamento e reaparelhamento dos estabelecimentos destinados a leite e produtos lácteos e altera parcialmente a nomenclatura dos produtos lácteos.

A Resolução SAA n.º 04 aprova os regulamentos técnicos de produção, identidade e qualidade do leite tipo A, tipo B, pasteurizado e cru refrigerado, e o regulamento técnico da coleta de leite cru refrigerado e seu transporte a granel. O leite cru refrigerado constante nesta Resolução refere-se ao leite que sai da propriedade para o laticínio. Estabelece ainda que os estabelecimentos que produzem Leite Pasteurizado Tipo C ou Leite Pasteurizado Tipo Integral terão um prazo de 180 dias para se adequarem aos presentes regulamentos. Esta Resolução adaptou as normas da Instrução Normativa n.º 51, de 18 de setembro de 2002, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) que estabeleceu os critérios para a produção, identidade e qualidade do leite no território nacional.

A Coordenadoria de Defesa Agropecuária é o órgão oficial da Secretaria de Agricultura e Abastecimento responsável pelo registro e fiscalização de estabelecimentos que manipulam produtos de origem animal para comércio no território paulista. No Estado existem hoje, 257 estabelecimentos ativos registrados no SISP.

A integra das Resoluções está disponível na página inicial do site da Defesa Agropecuária - www.cda.sp.gov.br.

Serviço:

Reunião entre Defesa Agropecuária e Associação dos Laticínios de Pequeno Porte.

Horário: 14 horas

Local: Auditório da CDA - Avenida Brasil, 2340 – Campinas-SP.

Informações:

Assessoria de Imprensa/CDA – 19 3241-4700 – Teresa Paranhos

 
formatar para impressão   topo   enviar por e-mail